Astrônomo do SETI diz que encontraremos vida inteligente em 20 anos
loading...

Astrônomo do SETI diz que encontraremos vida inteligente em 20 anos

Um astrônomo sênior do Instituto de Pesquisa por Inteligência Extraterrestre (SETI) acredita que estamos apenas a duas décadas de distância de confirmar a existência de vida extraterrestre inteligente.
O Instituto SETI passou décadas pesquisando e explorando os fenômenos misteriosos, e muitas vezes inexplicáveis, do nosso universo. A esperança é que a pesquisa nos ajude a confirmar que existe, de fato, vida lá fora. 
 
Em uma entrevista ao Futurism , o astrônomo sênio do Instituto SETI e do Words Fair USA – NY, Seth Shostak, discutiu onde atualmente estão na busca de vida extraterrestre inteligente.

Ele começou por dizer enfaticamente que “apostas todas as fichas que  vamos encontrar vida inteligente dentro de 20 anos”.
Quando perguntado o que a ciência tem a dizer atualmente sobre a existência de aliens, Shostak disse: “Muito pouco – porque nós não encontramos nenhum.”
Shostak passou a dizer que, enquanto não pudermos encontrar provas que confirmem vida extraterrestre ainda, o que descobrimos sobre o nosso Universo, digamos, ao longo dos últimos 20 anos, não tem sido insignificante.
Na verdade, essas descobertas podem significar muito para a nossa pesquisa. Uma coisa que sabemos agora que não sabíamos há décadas é que há muita coisa inexplorada na imensidão cósmica lá fora.
Vida fora da Terra
Shostak passou a discutir a probabilidade e a natureza da descoberta da vida alienígena em algum lugar lá fora, nas partes ainda desconhecidas do nosso Universo.
“Nós podemos encontrar a vida microbiana – o tipo que você encontraria nos cantos de sua banheira. Podemos descobrir isto muito mais cedo. Vai demorar um pouco, mas vai acontecer, eu acho que, dentro de uma geração…”
Enquanto Shostak está confiante de que, não apenas, eventualmente, mas relativamente breve, vamos descobrir a existência de vida extraterrestre inteligente, mas o ‘contato’ pode não se parecer com o que imaginamos ou com o que décadas de ficção científica nos mostraram.
“Eu não sei se isso pode ser um contato”, disse Shostak. “Quero dizer, se eles estão a 500 anos-luz de distância … você vai ouvir um sinal de 500 anos de idade, e se você transmitir de volta um ‘Oi, somos da Terra, como vão?’ – vai demorar 1.000 anos antes de ouvir de volta deles. Isto se você ouvir um retorno! Então, não é exatamente um contato, mas pelo menos você saberá que eles estão lá”…

Você também deve apreciar:

Incrível buraco na Serra das Estrelas em Portugal
Como os mapas dos gregos, romanos e babilônios mudaram o mundo
A LENDA BUDISTA SOBRE OS GATOS
Iceberg gigante aporta em pequena cidade no Canadá e atrai curiosos
Aqui está Marte, mas 4 bilhões de anos atrás
Cientistas podem ter feito a foto de um buraco negro e isso muda tudo
Relatividade Geral de Einstein foi confirmada mais uma vez através de determinação da massa de uma a...
Jornal britânico diz que a Terra sofrerá um “ataque massivo de ALIENS em setembro de 2017”
O que eram essas luzes brilhantes que tomaram conta dos céus nos EUA? Descubra!
Descoberta surpreendente vira de cabeça para baixo dez anos de pesquisa sobre exótica partícula quân...
Quais são os limites do Universo?
Astrônomos detectam sinais estranhos de estrela anã vermelha

Comente:

Show Buttons
Hide Buttons